Saia da Rotina: Parede dos Fantasmas, um local perfeito para esporte de aventura

Uma paisagem completamente diferente para cada estação do ano! Assim é o Covão d’Ametade, na Serra da Estrela. O Parque fica a 1420m de altitude em uma área 16 km distante da Covilhã, já em Manteigas. É ali que o Rio Zêzere começa a ganhar forma antes de descer o Vale Glaciar e percorrer 248km até desaguar no Rio Tejo. Um lugar perfeito para quem gosta de belas paisagens…e também de aventura!

Além de vários percursos pedestres, com diferentes níveis de dificuldade, no Covão também é possível praticar escalada desportiva: o foco do terceiro episódio da série sobre a Serra da Estrela no canal do YouTube “Saia da Rotina”, da jornalista brasileira Caroline Patatt, em parceria com a página “Brasileiros na Covilhã”.

“Este episódio é uma continuação do anterior, quando mostramos um dos tantos locais perfeitos pra aprender e praticar este esporte. Decidimos dividir em dois para que as pessoas pudessem apreciar um pouco mais da beleza de cada lugar tão diferente – mesmo que não sejam adeptas da atividade”, informa Caroline.

Não esqueça: existem regras a serem respeitadas nas atividades ao ar livre em qualquer local da Serra, ainda mais por tratar-se de uma área de conservação. Por isso, o indicado é procurar sempre uma empresa especializada – inclusive por questões de segurança. Neste vídeo, mais uma vez, a gravação acompanha a equipe do instrutor Samuel, proprietário da Trilhos e Cumes, que também oferece cursos relacionados a este e outros esportes de montanha (www.trilhosecumes.com).

Os episódios da série são publicados todos os sábados – serão dez ao todo – 22h30, horário de Portugal, no site www.youtube.com/saiadarotina Quem quiser fazer parte do projeto pode obter informações através do e-mail saiadarotinars@gmail.com ou da página www.brasileirosnacovilha.com. Além de mostrar as belezas da região ainda pouco explorada do país, a série visa dar mais espaço aos empreendedores locais a partir do período de desconfinamento orientado pelo governo português.

Importante ressaltar que não há transporte público até o Covão d’Ametade e, em alguns dias de inverno, o acesso ao local é interrompido por conta da neve. Vale lembrar também que entre maio e agosto de 2020 a estrada que dá acesso direto à Torre a partir da Covilhã estará fechada para reformas no túnel. Ou seja, quem pretendia esticar o passeio até o ponto mais alto de Portugal Continental, durante este período precisará fazer um desvio de quase 50 km.

Sobre brasileirosnacovilha 213 artigos
Blog de informações sobre a Covilhã e Portugal, especialmente para brasileiros que desejam informar-se sobre estudos, trabalhos e vida em terras lusas.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*