VFS Global retoma, por correio, o processo de emissão de Vistos portugueses

A VFS Global, empresa terceirizada pela Embaixada de Portugal no Brasil e responsável pela emissão dos Vistos portugueses no país retomou parcialmente o processo de emissão destes documentos. Atualmente e, até uma próxima atualização, os escritórios estão trabalhando e emitindo os vistos conforme solicitação dos brasileiros, a partir da recepção de documentos apenas por Correio. Não há atendimentos presenciais.

Contatado pelo Brasileiros na Covilhã, o escritório de Brasília da VFS Global respondeu que “os Centros de Solicitações de Visto de Portugal no Brasil estão recebendo aplicações para pedido de visto via Correios. Cada utente deverá enviar a documentação e realizar o agendamento somente para sua jurisdição.  Informamos também que não haverá retirada do documento pessoalmente para nenhuma categoria de visto, após a finalização este será devolvido também por Correios. A taxa de retorno obrigatória já deverá estar devidamente paga juntamente com as demais taxas de visto e VFS.”

Dessa forma, as pessoas interessadas em obter um Visto português devem enviar os documentos necessários pelos correios para o endereço da VFS.Global responsável pelo seu estado. Os Centros de Emissão de Vistos da VFS estão instalados em em Nova Lima/MG, Brasília/DF, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA ou São Paulo/SP.


Os vistos de estudo ou investigação englobam as situações abaixo.

  • Visto de Estada Temporária para frequência de programas de estudo, intercâmbio de estudantes, estágio profissional não remunerado, voluntariado;
  • Visto de Residência para investigação, estudo, intercâmbio de estudantes do ensino secundário, estágio e voluntariado;

No momento, os tipos de vistos citados abaixo são os únicos com solicitação reaberta através de agendamento pelo portal da VSF.Global

  • Visto de Estada Temporária para o exercício de uma atividade de investigação científica; atividade docente num estabelecimento de ensino superior ou de atividade altamente qualificada por período inferior a 1 ano;
  • Visto de Residência para atividade docente, altamente qualificada ou cultural e atividade altamente qualificada exercida por trabalhador subordinado;
  • Visto de Estada Temporária no âmbito de transferências de cidadãos nacionais de Estados partes na Organização Mundial do Comércio (OMC), no contexto da prestação de serviços ou formação profissional;
  • Visto de Residência para o exercício de atividade profissional independente ou para emigrantes empreendedores e Start up visas.

A VFS ressalta que os solicitantes devem enviar toda a documentação necessária e original, junto com o passaporte e o comprovante da transferência do pagamento das taxas (que devem ser somadas por cada utilizador) para que passe pelo processo de análise. Após aprovação, o solicitante receberá em casa o passaporte com o visto emitido para então planejar a sua viagem para Portugal.

A recomendação da VFS e das entidades de fronteira de Portugal é que as pessoas não embarquem para Portugal sem o devido visto, sob risco de ser retido na fronteira e até deportado.


3 Comentários

  1. No site da VFS Global não dispõe de informações precisas e objetivas, assim como não fornece os modelos e orientações sobre preenchimento de formulário, além de desde o início de Maio tentar contato e na empresa não dispor de funcionários trabalhando home office para melhor atender, acredito que sem receber seus vencimentos não estão! Tudo isso sem levar em consideração que no site dispõe apenas de contato com a sede de São Paulo. Em outros tempos os consulados estaduais além de orientar, sanavam quaisquer dúvidas e problemáticas. Esperar pra ver se vai funcionar mesmo…

  2. Nao encontramos as informações objetivas sobre:
    Quais os documentos do check list precisam ser autenticados?
    É quais devem ser APOSTILADOS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*