domingo, 15 de setembro de 2019

ContraDANÇA: festival organizado pela ASTA chega a 10ª edição

Festival têm atrações de Portugal, Espanha, Brasil e Alemanha
O contraDANÇA chega a 10ª edição celebrando a cultura teatral e as expressões artísticas da Beira Interior. Organizado pela ASTA – Teatro e Outras Artes, a edição 2019 espalha-se pela Covilhã e Gouveia, entre os dias 23 de setembro e 12 de outubro, com 15 espetáculos teatrais, exposição, música e Feira do Livro. 

A ASTA, com seus programas anuais é a grande propulsora das artes teatrais na região. Dia após dias, os líderes deste projeto buscam interessados em difundir e ampliar as opções culturais da região. E o contraDANÇA assume-se como uma ocasião única para dar voz a novos projetos nestas áreas.

Em comunicado para a imprensa, os organizadores afirmam que a população local, que recebe o festival, precisa estar mais desperta para espetáculos inovadores e diferentes, libertadores e capazes de despertar o sentido estético das gentes do interior. O festival assume um carácter de sensibilização cultural na região, fomenta a importância de todas as manifestações artísticas, na formação e desenvolvimento de uma consciência crítica.

Rui Pires, diretor do festival, em conversa com o Brasileiros na Covilhã, fala que chegar a décima edição é tornar um sonho, realidade. “Não é fácil dedicar-se as artes no interior de Portugal. São 20 anos de muita luta, teimosia, sacrifícios pessoais e profissionais de toda a equipe da ASTA.” Quando questionado sobre fomentar a cultura no interior e ser um grande instrumento para que isso não se apague, Pires diz que “não é uma fatalidade viver e trabalhar no interior. É antes um desafio diário, sobretudo se nos dedicamos à cultura. Mas foi um opção de todos nós ficar na Covilhã, e de aqui podermos trazer o mundo, e levar para o mundo o nosso trabalho, como tem acontecido ao longo destas duas décadas.”

Junto com Rui Pires na organização do festival, está Sérgio Novo, diretor artístico da ASTA e que neste ano está com uma exposição no New Hand Lab. Chama-se Descrição de um quadro e está aberta para visitação até o dia 05 de outubro.

Os bilhetes para as apresentações podem ser adquiridos de forma separada ou em conjunto para um grupo de apresentações. Os bilhetes diários custam €5,00 (entrada geral) e €2,50 para estudantes, idosos e sócios da ASTA. Os packs para 3 apresentações custam €7,00 (estudantes) €12,00 (geral) e para 5 apresentações €10,00 (estudantes) e €20,00 (geral).

A 10ª edição traz em seu cartaz apresentações de artistas de Portugal, Brasil, Espanha e Alemanha, distribuídos entre o Agrupamento de Escolas do Teixoso, a Universidade da Beira Interior, o New Hand Lab e o Teatro Cine de Gouveia. Confira abaixo a programação completa do festival: 

PROGRAMAÇÃO:


Nenhum comentário:

Postar um comentário