quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Corpo em movimento e diversas formas de arte na 9ª edição do contraDANÇA

Festival acontece entre os dias 17/09 e 27/10.
Uma "vitrine artística para a região" da Beira Interior. Assim se define o festival de dança e movimento contemporâneo contraDANÇA, que acontece entre os dias 14 de setembro e 27 de outubro na Covilhã.

Organizado pela Associação de Teatro e Outras Artes (ASTA), grupo sediado na cidade, o festival desse ano reúne 18 espetáculos nacionais e internacionais de dança, teatro, performance e outros meios de expressão artística. O evento acontece em diversos locais da Covilhã e também em outras localidade do concelho como Teixoso e Paul, que nesta edição recebe o espetáculo de abertura do festival. 
ROJO é apresentado pelo brasileiro Murilo. 

Com direção de Rui Pires e direção artística de Sérgio Novo, a 9ª edição do contraDANÇA recebe apresentações artísticas de diversas regiões de Portugal e também do Brasil, da Alemanha, Espanha e Armênia. Além dos espetáculos, o festival tem dois workshops: laboratório de pesquisa e criação, dirigido por Miguel Pereira, e Ensaio, dirigido por Ricardo B. Marques. Ambos tem o valor de inscrição em 15 euros para o público geral e 7,50 euros para portadores do cartão amigo ASTA.

Outras atrações esperam pelo público durante os dias do contraDANÇA, como o Mercado Negro (feira de velharias), leitura dramatizada e uma Feira do Livro Artístico. Os bilhetes para os espetáculos podem ser adquiridos pelo valor de 2,50 euros

Confira a programação abaixo:

SETEMBRO 

14 de setembro 
21h30min: Um Clássico (ASTA - Portugal)
Local: Largo da Praça do Paul

15 de setembro
21h: SAVAR AM (Erva Daninha - Portugal)
Local: Praça do Município da Covilhã

16 de setembro
11h: BZZZOIRA_MOIRA (Teatro de Marionetas de Mandrágora - Portugal)
Local: Banda da Covilhã

24 de setembro
11h: Romeu e Julieta (Teatro Praga - Portugal)
Local: Agrupamento de Escolas do Teixoso

26 de setembro
21h30min: ROJO (Murilo Soares - Brasil)
Local: New Hand Lab
22h30min: A-NORMA-IS (TeatrUBI e ASTA - Portugal)
Local: New Hand Lab

27 de setembro
21h30min: Um [Animal] (Cristina Planas, Leitão-Bactéria - Portugal)
Local: New Hand Lab
23h: DIE WILD JAGD (Alemanha)
Local: atrás da Câmara Municipal da Covilhã

28 de setembro
21h30min: ORPHEU 3 (D.E.M.O - Portugal)
Local: New Hand Lab

29 de setembro
21h30min: O Mandarim - apóstrofe e paciência (Pedro Barreiro - Portugal)
Local: New Hand Lab

OUTUBRO

4 de outubro
21h30min: I could write a song (Nuno Lucas - Portugal)
Local: New Hand Lab

5 de outubro
21h30min: Amor no es una historia de (Cía. AÚPA Teatro - Espanha)
Local: New Hand Lab

6 de outubro
21h30min: Uma outra de si (Teresa Fabião - Portugal)
Local: New Hand Lab

25 de outubro
21h30min: EURODANCE (Ballet Contemporâneo do Norte - Portugal)
Local: New Hand Lab
22h30min: Momento Zero (Maria Varbanova - Portugal)
Local: New Hand Lab

26 de outubro
21h30min: MAGMA - No limite da Selvageria (Flávio Rodriges - Portugal)
Local: New Hand Lab
22h30min: A Deriva dos Olhos (Bruno Senune - Portugal)
Local: New Hand Lab

27 de outubro
21h30min: A minha família está na minha mala (Narine Grigoryan - Armênia)
Local: New Hand Lab




Nenhum comentário:

Postar um comentário