quarta-feira, 18 de março de 2015

Dica do Blog: viagens de baixo custo

Para aproveitar a infraestrutura de autoestradas, caminhos de ferro e aeroportos e, fomentar o turismo nos mais variados países da Europa é que diversas empresas apostam no segmento de viagens de baixo custo. Reforçadas pela abertura das fronteiras entre os os membros da União Europeia a competitividade aumenta e, por consequência, baixa o custo para o consumidor final.

Dessa forma, elencamos abaixo, algumas formas de viajar por estas terras e, ainda, economizar. Porém, a dica mais valiosa de todas é algo comum: planejamento. Pesquisar em diversas empresas e sites de reservas de bilhetes e hospedagens é a melhor forma para uma viagem tranquila.

Confira as opções: 


Easy-Jet é uma das mais procuradas do segmento low-cost.
Foto: Fábio Giacomelli
Avião
Empresas low-cost

No segmento de empresas aéreas de baixo custo, duas companhias despontam: A Ryanair e a EasyJet, são as empresas que operam o maior número de destinos entre países da Europa e, por isso, abrem a lista de dicas. Soma-se a isso, como gostamos de mencionar, que já viajamos nas duas companhias e não tivemos nenhum problema a partir da aquisição dos bilhetes.

Somam-se à essas duas empresas que abrem a lista, outras transportadoras aéreas como a Aer Lingus, empresa irlandesa que é famosa por oferecer serviços low-cost para as cidades de Dublin, Shannon, Cork e Belfast (Irlanda do Norte);  A Vueling, que tem preços baixos para Espanha e Amsterdã.

Se o destino for a Alemanha, a Condor engloba as principais cidades do país por preços bem camaradas; Já quem quer explorar o leste europeu sem gastar muito, a WizzAir é a empresa ideal;

Se a sua ideia for viajar pela França ou saindo dela, a XL Airways e a Volotea, são as melhores opções. Se a ideia for conhecer Londres, uma boa opção é buscar voos pela CityJet

Quem optar pelo norte europeu, as cidades de Oslo, Copenhagen e Estocolmo fazem parte do itinerário barato da NorwegianPraga, na República Checa e Budapeste, na Hungria, estão ganhando espaço como cidades turísticas da Europa. Consciente disso, a SmartWings oferece viagens low-cost para esses locais;

Fechando nossas dicas de empresas aéreas de baixo custo, está a campeã em voos de baixo custo para Bruxelas. Se seu destino for esse, não deixe de verificar os preços na Brussels Airlines.

Porém, vale ressaltar que, entre as operadoras de baixo custo,  Ryanair e EasyJet são as que tem o maior número de voos regulares com saída e chegada em Portugal. As demais rotas e empresas trabalham com poucos voos no país, mas são muito fortes em outros, servindo para conexões entre destinos. 

Aeroportos
Um fato a se atentar é o aeroporto de destino. Muitas das empresas de baixo custo, operam em aeroportos distantes das cidades e que tem um baixo movimento. Tudo, em virtude do preço acessível. Portanto, sempre verifique a distância entre o aeroporto de destino e o centro da cidade que deseja conhecer, vendo as formas e preços de deslocamento. 

Bagagem
As empresas desse tipo, em sua maioria, não operam com bagagem de porão inclusa no bilhete. Ou seja, sua mala, obrigatoriamente, deve ir na cabine e seguir rigorosamente o tamanho máximo, que é de até 10 kg, com as dimensões máximas de 55 cm x 40 cm x 20 cm e, não há garantias de que ela vá acompanhar você na parte de cima do avião. Ela pode ser despachada sem custo ou, ainda, ser taxada se exceder o tamanho. Por isso, outra dica, é estar atento às regras de cada uma das companhias. 

Conhecer a Europa pelas autoestradas e caminhos de ferro

Ônibus da Eurolines que fez o trajeto Paris - Bruxelas
Foto: Renata Inforzato/Blog Direto de Paris
Ônibus
Outra dica do blog é conhecer algumas cidades da Europa por terra. É possível encontrar preços acessíveis em algumas empresas de ônibus (ou autocarros como são conhecidos em Portugal) inclusive com saída da Covilhã. 

A empresa Eurolines de transporte terrestre pela Europa oferece passagens de ida e volta para mais de 33 países. Com partida da Covilhã há viagens para Bélgica, França, Holanda, Inglaterra, Luxemburgo, Mônaco e Suiça. Com saída do município da Guarda, situado a 40min da Covilhã, os destinos são os mesmos acima com acréscimo da Espanha. 

Assim como nas empresas aéreas, existem muitas promoções nos preços das passagens, variando entre 20 e 160 euros. Comprando com 30 dias de antecedência o desconto pode chegar a 50% . Além disso, jovens com até 25 anos têm desconto de 10% na compra dos bilhetes. Para comprar basta acessar o site da empresa ou comparecer à loja “Il Foto”, no centro da cidade, representante da Eurolines em Covilhã.

Trens da Renfe que fazem viagens entre países europeus
Foto: Divulgação/Renfe
Trem

É possível visitar algumas cidades da Europa saindo de trem da Covilhã, em parceria com a CP ou de municípios vizinhos. A empresa espanhola Renfe, por exemplo, realiza viagens de trêm (ou comboio como é chamado em Portugal) de Portugal até a Espanha. Uma viagem da Guarda até Madri pela empresa pode custar de 20 a 50 euros. A compra das passagens também é feita através do site da empresa. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário